Parambú /CE

janeiro 02, 2016

A vida é simples, e todo o seu encanto está em saber encontrar o valor de sua simplicidade e apreciar as pequenas dádivas com o coração cheio de gratidão.
No início desse mês fomos visitar os familiares do Wesley em Parambu-CE e de todos os lugares que fomos nessas férias, este foi um dos mais especiais, pelo aprendizado, pelo lugarzinho lindo e pacato que é a cidade, mas acima de tudo pelas pessoas especiais que encontrei por lá. E eu fiquei super feliz em ver a felicidade dele e saber o quanto aquelas pessoas foram importantes na caminhada dele.Lembrei da minha falecida avó Flora, senti muitas saudades da simplicidade dela e do interior, lembrei de vários momentos da infância, voltei no tempo...


Não, este não é um post com dicas do que fazer, ou onde ficar em Parambu (até porque ficamos com nossos familiares), mas se você chegou aqui nesta página por qualquer que seja o motivo te digo que este é especial e reflexivo e repleto de imagens lindas do sertão, e se você está aqui é porque precisava ler isso:

O que te arranca sorrisos? O que te faz levantar da cama para lutar a cada amanhecer? 
Muitas vezes esperamos grandes coisas, ou acontecimentos mirabolantes par dar valor ao que realmente é importante, e tenha certeza de que você já tem tudo o que precisa pra ser feliz, só precisa olhar com os olhos do coração e ser generoso.





Não existe no mundo nada mais importante que as pessoas, que os sorrisos, que as amizades que cativamos e a alegria que despertamos no outro.
Como ser humano e mãe, espero e quero poder passar essa verdade pra minha Bia, e pra todos aqueles que cruzarem meu caminho por algum motivo. Tudo é aprendizado, tudo é questão de olhar e de amor.
Valorize tudo o que você já tem, e tudo inclui as pessoas que te amam e que são amadas por você. Nunca é tarde pra recomeçar, pra aprender, pra viver e pra ser quem você nasceu pra ser, luz!









Aqui, uma das fotos mais bonitas que tirei e que mais me trouxeram aprendizado. Essa flor estava sob o jardim de um dos túmulos do cemitério municipal da cidade. Isso mesmo! Fomos visitar o túmulo do falecido pai de Wesley (que não tive a oportunidade de conhecer), mas sai de lá em paz e com aquela boa e velha certeza: Não somos nada. A vida é um sopro. Tudo passa.
E assim como o salmista, pude abrir meus lábios e proclamar:

"Faze-me lembrar, Senhor, que os meus dias estão contados, para que eu sinta quanto sou frágil.Que é a minha vida aos teus olhos? Tem apenas alguns momentos de duração. A minha vida é como nada diante do Senhor. Na verdade, o homem não passa de um sopro.Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará.Mas agora, Senhor, o que devo esperar? A minha esperança está em Ti." (Salmos 9: 4-7)



VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

0 comentários

//]]>